Translate

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

MASSAGEM ABYHANGA

MASSAGEM ABYHANGA


Em sânscrito, Abhyasa = exercício e Anga = corpo, significa untar, friccionar com óleo. A massagem Abhyanga é parte do estilo de vida que tem como propósito a prevenção e a promoção de saúde, a que não deseja separar, mas unir, integrar.
Também conhecida como Sneha Abhyanga (uma das terapias com uso de óleos), é uma das massagens mais importantes para a Dynacharya – rotina diária. O significado da palavra pode ser definido como “mover energia para o corpo”. Esta é uma massagem com óleo morno, por todo corpo, que pode ser auto aplicada ou aplicada por um ou até quatro profissionais ao mesmo tempo. Dentre algumas de suas inúmeras qualidades a Abhyanga melhora a textura da pele, estimula a circulação sanguínea, fortalece o físico, os sistemas imunológico e nervoso, alivia prisão de ventre, drena retenção de líquidos (edema) e o sistema linfático, melhora a digestão, previne o envelhecimento, melhora o sono e ainda pode ser aplicada em várias outras condições. A massagem Abhyanga pode ser aplicada em regiões específicas e assim, recebe os nomes:

- Mukhabhyanga – massagem facial

- Padabhyanga – massagem nos pés

- Pristhabhyanga – massagem nas costas

- Shiroabhyanga – massagem na cabeça

A razão principal para a aplicação de massagem com óleo tem função similar à lubrificação interna: estimular o movimento das toxinas de lugares inadequados do corpo, para que sejam eliminadas do sistema.
Por ser uma massagem vigorosa, actua de modo profundo e abrangente nos sistemas:
- circulatório, aumentando a produção de glóbulos brancos, a nutrição e oxigenação das células do corpo inteiro;

- linfático, desintoxicando o organismo;

- energético, reequilibrando os chakras e desfazendo nós e bloqueios emocionais.

Benefícios: Equilibra os doshas; Remove as toxinas do organismo; Trata e rejuvenesce o corpo inteiro; Promove vitalidade; Retarda o envelhecimento; Estimula a elevação da auto estima; Fortalece o sistema imunológico, ajudando a pessoa a criar resistências e adquirir maior flexibilidade para se defender e se adaptar ante mudanças e intempéries;
Promove relaxamento muscular e nervoso, uma vez que durante a aplicação da massagem ocorre no organismo intensa liberação de serotonina e demais substâncias que induzem estados de bem estar físico e mental; Tem efeito anti-estresse e antidepressivo; Reduz a tensão e induz a sono restaurador; Estimula um profundo processo de autoconhecimento e transformação interna a partir da liberação dos bloqueios energéticos gerados por emoções reprimidas, crenças, conceitos e experiências, bloqueios estes visíveis no corpo sob a forma de estruturas rígidas; Activa os marmas, pontos especiais de energia do corpo, considerados em Ayurveda os centros de informação e criação onde ocorre comunicação entre matéria e consciência.

video



SHIRODHARA

Shirodhara é palavra sânscrita que, traduzindo para o português, entende-se como “fluxo continuo na cabeça”, onde “shiro” – significa cabeça, e “dhara” – fluxo contínuo.
Shirodhara é um tratamento ayurvédico, que envolve lentamente derramar líquidos sobre o terceiro olho de um cliente, que está localizado na testa. O líquido é projetado para relaxar o corpo e abrir o terceiro olho.
Segundo o Ayurveda, o objectivo da terapia é o equilíbrio natural dos doshas - palavra sânscrita que significa humores corporais ou biótipo. Uma vez recomposto o equilíbrio doshico, os tecidos debilitados pela enfermidade são rejuvenecidos. A técnica actua sobre a glândula pineal, responsável por vários distúrbios neurológicos.
O tratamento é realizado a partir do uso de óleo medicado, chá ou um preparo especial feito a base de leite de acordo com o biotipo dominante na pessoa. O óleo, a uma temperatura morna e agradável, é colocado em um pote de cobre.
Este fluxo constante produz ondas circulares que vão acalmar o cérebro. Determinados distúrbios onde a causa principal está no sistema neurológico podem encontrar, através da shirodhara, um poderoso tratamento auxiliar a qualquer outro tratamento médico ortodoxo. A principal ênfase deste tratamento está na nutrição dos canais energéticos através do prana (energia vital).
A sessão Shirodhara pode durar até uma hora, e é geralmente realizado em uma sala com música calma neutra, difusa luz natural, velas, flores e outros enfeites que se destinam a promover o relaxamento. Após a sessão, o cliente é suavemente limpo com água morna, toalhas húmidas e ele ou ela pode estar envolto em toalhas húmidas e ervas para um tratamento suave hidratação.
Vários distúrbios podem ser tratados através do shirodhara como:
- fadiga mental, problemas com a fala, dispersão, distúrbios do sistema nervoso, depressão, paralisias em geral, tremores, insónia, epilepsia, doenças psicossomáticas, diabetes, hipertensão, psoríase, fibromialgia, enxaquecas e mesmo como tratamento de beleza fortalecendo a saúde capilar, da pele e prevenindo rugas. Muito indicado como tratamento pós terapias nos casos de quimioterapia e radioterapia terapias no tratamento para cancro.
Um melhor resultado com o tratamento shirodhara é alcançado quando o paciente recebe uma “Abhyanga" (massagem ayurvédica) anteriormente, então, várias considerações deverão ser avaliadas para que o tratamento possa alcançar o objetivo esperado.
Dependendo do grau do distúrbio um melhor resultado é alcançado quando o paciente faz um programa de tratamento de pelo menos 6 semanas.
video